Área 51




Área 51 é um dos nomes atribuídos à área militar restrita no deserto de Nevada, próxima ao Groom Lake, Estados Unidos. É uma área tão secreta que o governo norte-americano só admitiu sua existência oficial em 1994 e ainda com muitas restrições. É muito provável que seja uma das bases de testes aéreos mais sigilosas. É considerado, por exemplo, que o avião invisível ao radar, F-117, foi desenvolvido nesta base. Alguns grupos que discutem fenômenos extranormais atribuem um envolvimento da força militar americana com extraterrestres. Nenhum desses argumentos foi confirmado nem negado, devido ao forte esquema de sigilo militar.



Existem inúmeros documentários, livros e filmes que tratam fenômenos extranormais. Porém, esses não são imparciais na questão dos rumores extraterrestres, sempre submetendo a área como um "Sítio extraterrestre". A "Área 51" foi vista em: Watertown (Cidade Aquática), Dreamland (Terra dos Sonhos), Paradise Ranch (Fazenda do Paraíso), The Farm (A fazenda), The Box (A Caixa), Groom Lake (Lago Groom), Independence Day (Dia da Independência), Indiana Jones and the Kingdom of the Crystal Skull (Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal), Ben 10: Ultimate Alien (Ben 10: Supremacia Alienígena) e Total Drama World Tour (Drama Total: Turnê Mundial).


Geografia

A Área 51 é uma área de aproximadamente 1550 km² no Condado de Lincoln, Nevada. Faz parte da (12 138 km²) Nellis Air Force Range (NAFR).
Imagens do Google Earth puderam mostrar mais sobre as pistas de pouso do complexo. A pista de pouso do local é a 14L/32R, construída na década de 1990, medindo 3651 x 61 m.
A Área 51 faz divisa com o Nevada Test Site (NTS), local de testes nucleares. A Montanha Yucca, depósito nuclear, fica aproximadamente a 64 quilômetros a sudoeste do lago Groom.
A base teve sua existência admitida apenas em 1994, entretanto, não é única base secreta norte-americana, existem outras ainda não admitidas pelo governo, por questões de Estado, mas é uma das principais bases "secretas" de pesquisas de armas nucleares, bacteriológicas, químicas, hidrogênicas entre outros tipos de armas secretas.



Infra-estrutura

A base militar de testes das forças armadas dos Estados Unidos, popularmente chamada de Área 51, é uma das bases mais avançadas do mundo, contendo um complexo subterrâneo e vários laboratórios de pesquisas. Com a finalidade de desenvolver ou testar tecnologia para as Forças Armadas dos Estados Unidos.



Possui um ótimo sistema informatizado, semelhante a de outras bases secretas estado, e um sistema "quase impenetrável" de bunker (túneis subterrâneos), com blindagem para suportar um cataquismo apocalíptico e, nos corredores (subterrâneos) um sistemas de paredes que não propagam sons de objetos transmissores de algum tipo de frequência (como bluetooth, infravermelho, radiofrequência) e restringem conexões até em aparelhos transmissores com frequência desconhecida (os espiões atuais usam aparelhos com frequência diferente das comunicações atuais, assim não são detectados por aparelhos de contra-espionagem), o acesso a base é amplamente restrito e para entrar lá são usados leitores de impressões digitais, leitores biométricos-ópticos, investigação da vida base de origem, quem o enviou, confirmação de quem ele é em diferentes órgãos do alto comando da CIA (Central Intelligence Agency e da USAF (United States Air Force).
O IS (Sistema Informatizado) é composto por computadores de última geração que são controlados por um gigantesco computador central que, apenas, cerca de 6 homens de alta patente sabem onde está localizado, com um sistema operacional desenvolvido propriamente para a Área 51 os computadores são assim constituídos, pois se intrusos invadirem o sistema não saberão como funciona o sistema operacional, hackers não conseguem penetrar nunca no sistema, pois ele funciona em dois modos, os computadores que são destinados as pesquisas disponíveis na internet operam com um ótimo sistema de antivírus e a maioria não está em rede, pois assim não correm o risco de serem infectados por ataque de hackers inimigos. Já o outro é utilizado para ficar atento ao que acontece no mundo como feiras, grandes eventos internacionais, cotação do dólar e etc.
Uma das principais entradas para o complexo subterrâneo fica em um hangar, lá são armazenados helicópteros e jipes, porém há uma porta com painel para digitar uma senha (fato bem comum) após a porta estende-se um corredor e finda em outro depósito. Lá existe uma grande porta antinuclear com uma grande inscrição GATE 03, essa também possui um painel de segurança (com cerca de 41 teclas em forma de teclado de computador) que envolve letras de A a Z, cinco cores (azul, amarelo, verde, vermelho e branco) e dez números (a tal senha não obtive).



Depois de digitar a senha o portão se abre e leva para um grande elevador de 18,30m² com capacidade de sustentar 530000 N, e sua descida é íngreme. Após descer, o elevador termina em um grande salão onde tem acesso a quase todas as partes do complexo.



Google+ Followers