Alpes artificiais


Vista de cima, a macro instalação projectada pelo gabinete de arquitetura CEBRA para ligar as margens do rio Guden à sua passagem pela cidade de Randers, na península da Jutlândia (Dinamarca), pareceria um gigantesco floco de neve. Na realidade, boa parte dos seus cem mil metros quadrados será dedicada ao ócio invernal.
Em essência, a ideia é construir três imensos arcos entrecruzados com 700 a 800 metros de comprimento, que albergariam oito pistas de esqui, duas ao ar livre e seis cobertas. A topografia seria inspirada na da estação de Alpe d’Huez, em França, embora pudesse ser alterada, para oferecer diferentes experiências aos visitantes. Além disso, possuiria pistas de dificuldades variadas.
No ponto mais alto, a estrutura, que os seus desenhadores batizaram como Skidome Denmark, chegaria aos 110 metros. Poderia dar trabalho a 3000 pessoas e contaria com bares, restaurante e o seu próprio hotel. No nível inferior, disporia ainda de uma grande zona ajardinada e de espaços para a prática do ciclocross.

Google+ Followers

+Videos

Loading...